Comemorar em Janeiro

Informar datas comemorativas

Os infortúnios não se aproximam das pessoas sem temor...

Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Curiosidades

Cursos

Diversão

Espiritismo

Geografia

Informática

Novidades

Religiosidade

Serviços

Localizar nesta página


Conectados


Estatística das
visitas ao site!







Ondas

Veja a previsão de ondas na sua praia.



Tempo Brasil

Conheça detalhes da previsão para o Brasil



Aeroportos

Informe-se sobre a visibilidade nos principais aeroportos do país





Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Pirassununga - SP ,  Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019 - Bom dia! - 11:58


edumedeiros.com     Internet
   

Viver não dói



Viver não dói. O que dói é a vida que não se vive. (Emilio Moura) Definitivo, como tudo o que é simples, nossa dor não advêm das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer. Apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows, livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade interrompida. Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais Sonhamos e nunca chegamos a experimentar. Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais !!! A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a FELICIDADE. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional!

Colaboração: Silmara Valezin- ? - SP

Enviar sua curiosidade

autoajuda>>



Você está aqui -> Inicial | Serviços | Autoajuda | Viver não dói









(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)

Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Orkut Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF



Filme Causa e Efeito (Trailer Oficial)


Novo equipamento pode salvar vidas dos motoqueiros - Vídeos - UOL Carros


Gentileza gera gentileza, inclusive no trânsito!


www.edumedeiros.com
Copyright © 2000-2019
[Edu Medeiros - Um Amigo do Bem]



Sites parceiros

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo - Copyright © 2009-2019
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Copyright © 2009-2019










Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF


Viver não dói