Comemorar em Março


Aniversário da Cidade de Florianópolis - SC
Dia Internacional da Meteorologia

Ser capaz de perdoar é importantíssimo; é a maior das virtudes...

Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Curiosidades

Cursos

Diversão

Espiritismo

Geografia

Informática

Novidades

Religiosidade

Serviços

Localizar nesta página


Conectados


Estatística das
visitas ao site!







Ondas

Veja a previsão de ondas na sua praia.



Tempo Brasil

Conheça detalhes da previsão para o Brasil



Aeroportos

Informe-se sobre a visibilidade nos principais aeroportos do país





Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Pirassununga - SP ,  Sábado, 23 de Março de 2019 - Bom dia! - 7:25


edumedeiros.com     Internet
   

A morte física para o Espiritismo - 26/04/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Certamente para aqueles que difundem a Doutrina Espírita o título deste artigo é um tanto quanto instigante, pois no Espiritismo não se usa o termo “morte física”, mas sim “desencarne” quando se quer fazer alusão ao fato de uma ou mais pessoas virem a falecer, entretanto o objetivo desta Coluna Espírita é justamente consorciar as ideias, isto é, facilitar o entendimento sobre os mecanismos contidos na Doutrina trazida pelo Paracleto, o Consolador prometido por Jesus Cristo, que é a própria Doutrina Espírita, a qual difunde que a morte, ou melhor, o desencarne é apenas uma etapa do processo de evolução espiritual, corroborando assim com uma das máximas de Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo: “Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar, tal é a lei”.

Então, por conseguinte, para o Espiritismo a morte é única e exclusivamente parte de um intrínseco processo baseado nos “Desígnios Divinos”, os quais estão diretamente vinculados ao mecanismo do Carma, que por sua vez, conforme já citado neste canal, é entendido como o conjunto das ações dos homens e suas consequências, e sem esquecer-se de mencionar que o Espiritismo difunde que as “dívidas" adquiridas em vidas passadas são "cobradas" em forma desse processo reparador.

Eis o motivo por que para os Espíritas a morte de um parente é aceita com mais naturalidade.

Entretanto, isso não quer dizer que um Espírita não possa se emocionar quando um parente ou uma pessoa íntima venha a falecer, ou melhor, desencarnar, que é o termo correto para o Espiritismo.

O que ocorre é que com o esclarecimento o ser humano se liberta do egoísmo e deixa que aquele ente querido prossiga na sua evolução espiritual, principalmente quando a ordem natural das coisas acontece dentro dos seus prazos, entenda-se quando um filho enterra seus pais, diferentemente quando pais têm que enterrar filhos, porém observe que foi utilizada a palavra “enterrar” apenas para realçar que as palavras podem ser substituídas por palavras mais “doces”, pois, ao invés de falar “enterrar” é sensato utilizar uma expressão simples, mas que também emocione, como, por exemplo: “um até breve”.

A noção de que a morte é simplesmente parte de um processo não é exclusividade do Espiritismo, embora que para a maioria de outras concepções religiosas o entendimento possa gerar dubiedade (duplo sentido), ou até mesmo antagonismo (sentido oposto), porém mesmo nas situações citadas a ideia central continua, entenda-se que a morte é necessária para o progresso do espírito, pois, segundo entendimento geral a morte é uma parte essencial do “Mecanismo Divino”, também chamado por algumas concepções religiosas como “o plano de salvação do Pai Celestial”, até porque segundo o mesmo entendimento “a morte é o salário do pecado”, portanto, todos nós devemos experimentar a morte, embora que desse ponto em diante o divisor de águas surja de forma natural, pois enquanto que o Espiritismo difunde a reencarnação (quando um espírito volta a ocupar um novo corpo físico aqui mesmo no planeta Terra), as demais concepções religiosas difundem que os espíritos irão receber corpos “ressurretos e perfeitos”.

Divergências à parte o bom senso prega que devamos respeitar, sendo necessária a reciprocidade.

"Ainda sabendo que a morte vem de Deus, quando nós não a provocamos, não podemos, por enquanto, na Terra receber a morte com alegria porque ninguém recebe um adeus com felicidade, mas podemos receber a separação com fé em Deus, entendendo que um dia nos reencontraremos todos numa vida maior e essa esperança deve aquecer-nos o coração". - Chico Xavier, Médium brasileiro.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 26/04/2014.



Você está aqui -> Inicial | Artigos | A morte física para o Espiritismo - 26/04/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem









(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)

Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Orkut Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF



Filme Causa e Efeito (Trailer Oficial)


Novo equipamento pode salvar vidas dos motoqueiros - Vídeos - UOL Carros


Gentileza gera gentileza, inclusive no trânsito!


www.edumedeiros.com
Copyright © 2000-2019
[Edu Medeiros - Um Amigo do Bem]



Sites parceiros

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo - Copyright © 2009-2019
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Copyright © 2009-2019










Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF


A morte física para o Espiritismo - 26/04/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem