Comemorar em Julho

Informar datas comemorativas

Alegria e gratidão promovem a saúde...

Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Curiosidades

Cursos

Diversão

Espiritismo

Geografia

Informática

Novidades

Religiosidade

Serviços

Localizar nesta página


Conectados


Estatística das
visitas ao site!







Ondas

Veja a previsão de ondas na sua praia.



Tempo Brasil

Conheça detalhes da previsão para o Brasil



Aeroportos

Informe-se sobre a visibilidade nos principais aeroportos do país





Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Pirassununga - SP ,  Domingo, 21 de Julho de 2019 - Bom dia! - 1:16


edumedeiros.com     Internet
   

Quem muito julga - 08/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Todos sabem que para ocorrer um julgamento, seja ele qual for, há a necessidade de que esteja presente a premissa da isenção. Hora, mas, isso é o que se espera de um julgamento, caso contrário não haverá julgamento de verdade.

Quando se fala em isenção está na verdade tentando se passar a ideia de que todos os mecanismos perniciosos foram extirpados e, portanto, se está livre para poder realizar o tal julgamento com a isenção devida, como também com a maior brevidade possível, pois só assim se fará justiça.

Bem, isso sistematicamente é o que se espera, pois quando se fala em julgamento vem logo à mente o julgamento que ocorre nos tribunais jurídicos, mas o objetivo aqui é focar o julgamento que é feito por cada um de nós acerca dessa ou daquela pessoa ou situação presenciada.

Julgar torna-se necessário para que sejam criados os parâmetros que irão delinear as ações e os comportamentos próprios, entretanto que esse julgamento, preferencialmente, não seja abusivo, pois a defesa apaixonada de alguma ideia ou pensamento normalmente encobre as mazelas que impedem o seu desenvolvimento.

O povo é sábio e costuma dizer que quem muito julga, muito esconde.

Quem muito critica ou ainda faz fofoca, na verdade tem vontade de fazer aquilo que presenciou o outro fazer, mas por algum motivo, seja social, moral ou profissional, não tem coragem.

O povo fala ainda que quem muito condena está tentando tirar o foco dos seus erros e prefere optar por apontar o dedo para os erros dos outros ao invés de corrigir os seus.

O nosso amado Mestre Jesus nos deu uma maravilhosa lição em das mais belas passagens na Bíblia no Novo Testamento quando presenciou o julgamento de uma mulher adúltera e pela Lei Mosaica a mesma teria que ser apedrejada até a morte.

Claro que os escribas e os fariseus tinham o objetivo primário que colocar o nosso Mestre Jesus em uma situação delicada, pois se Ele pregava o amor, como poderia concordar com o apedrejamento?

João 8:5 E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes?

João 8:7 Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: ‘Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.’

João 8:9 Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram-se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava.”

Não por acaso vale a pena relembrar que os fariseus eram aqueles judeus que pregavam a moral e que na verdade eram só falastrões, portanto, sem nenhuma moral, enquanto que os escribas eram os judeus que escreviam as leis e os que deixavam os registros que tinham a ver com a fé judaica e, onde através dos seus registros visavam perpetuar a cultura judaica que de certo modo carregava a Lei de Talião: “olho por olho, dentre por dente”, com a antiquada lógica de se referir a um literal código de justiça, sendo ainda considerada uma espécie de “castigo-espelho”.

Caso conheça alguém que gosta de julgar em excesso, fica a sugestão para que seja mostrada a essa pessoa que é fácil ser pedra, mas é difícil ser vidraça.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 08/12/2012.



Você está aqui -> Inicial | Artigos | Quem muito julga - 08/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem









(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)

Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Orkut Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF



Filme Causa e Efeito (Trailer Oficial)


Novo equipamento pode salvar vidas dos motoqueiros - Vídeos - UOL Carros


Gentileza gera gentileza, inclusive no trânsito!


www.edumedeiros.com
Copyright © 2000-2019
[Edu Medeiros - Um Amigo do Bem]



Sites parceiros

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo - Copyright © 2009-2019
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Copyright © 2009-2019










Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem Twitter do Edu Medeiros - Um Amigo do Bem YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF


Quem muito julga - 08/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem